7 etapas do processo de desenvolvimento de novos produtos

O planejamento do novo produto é função do pessoal da alta administração e de especialistas oriundos de vendas e marketing, pesquisa e desenvolvimento, fabricação e finanças.

Este grupo considera e planeja produtos novos e aprimorados em diferentes fases, conforme abaixo:

1. Geração de ideias (formulação de ideias)

2. Triagem de ideias (Avaliação)

3. Teste de conceito

4. Análise de negócios

5. Desenvolvimento de produto

6. Teste de marketing

7. Comercialização (Introdução ao Mercado)

7 etapas do processo de desenvolvimento de novos produtos 7 etapas do processo de desenvolvimento de novos produtos

1. Geração de ideias:

O foco nesta primeira etapa é a busca por novas ideias de produtos. Poucas ideias geradas nesta fase são boas o suficiente para terem sucesso comercial. Novas ideias de produtos vêm de diversas fontes. Uma fonte importante de ideias de novos produtos são os clientes. Fundamentalmente, as necessidades e desejos dos clientes parecem ser o lugar mais fértil e lógico para começar a procurar novas ideias de produtos. Isto é igualmente importante para consumidores e clientes industriais.

O planejamento do produto começa com a criação de ideias de produtos. A busca contínua por novos conhecimentos científicos fornece as pistas para a formação de ideias significativas.

Drucker sugeriu que as fontes podem ser amplamente divididas em:

(a) Fonte Interna (dentro da empresa) e

(b) Fontes Externas (fora da empresa)

2. Triagem das Ideias: (Avaliação):

Significa avaliação crítica das ideias de produtos geradas. Depois de coletar as ideias de produtos, a próxima etapa é a triagem dessas ideias. O principal objetivo da triagem é abandonar a consideração adicional daquelas ideias que são inconsistentes com a política de produto da empresa. Espera-se que as ideias de produtos sejam favoráveis ​​e dêem espaço para a satisfação do consumidor, lucratividade, boa participação de mercado e imagem da empresa.

Todas as ideias não podem ser aceites, porque certos planos de produtos necessitam de grandes investimentos, para certos planos as matérias-primas podem não estar disponíveis, certos planos podem não ser praticáveis. Muitas das ideias são rejeitadas por vários motivos e, assim, eliminam ideias inadequadas. Apenas ideias promissoras e lucrativas são selecionadas para investigação adicional.

Buscam-se respostas para perguntas como:

1. O produto atende a uma necessidade genuína?

2. É uma melhoria em relação ao produto existente?

3. Está próximo das nossas atuais linhas de negócios?

4. É uma linha de negócios totalmente nova?

5. Oferecerá aos clientes um valor superior?

6. O novo produto trará o ROI esperado?

7. O mercado aceita o novo produto?

3. Teste de conceito:

Depois que a ideia do novo produto passa pela fase de triagem, ela é submetida a “testes de conceito”. O teste de conceito é diferente do teste de marketing, que ocorre em um estágio posterior. O que é testado nesta fase é o próprio “conceito do produto” – se os potenciais consumidores compreendem a ideia do produto, se são receptivos à ideia, se realmente precisam de tal produto e se irão experimentá-lo se for necessário. disponibilizados a eles.

Na verdade, além da vantagem específica de obter a resposta dos consumidores à ideia do produto, este exercício ajuda incidentalmente a empresa a colocar o conceito do produto num foco mais claro. Os testes de conceito ajudam a empresa a escolher o melhor entre os conceitos de produtos alternativos. Os consumidores são convidados a oferecer seus comentários sobre a descrição escrita precisa do conceito do produto, ou seja, os atributos e benefícios esperados.

4. Análise de Negócios (Análise de Mercado):

Esta etapa é de especial importância no processo de desenvolvimento de novos produtos, pois diversas decisões vitais em relação ao projeto são tomadas com base na análise feita nesta fase. As estimativas de vendas, custos e lucros são componentes importantes da análise de negócios e as previsões de penetração e potencial de mercado são essenciais.

Estimativas mais precisas das mudanças ambientais e competitivas que podem influenciar o ciclo de vida do produto ou a sua substituição ou vendas repetidas também são necessárias para desenvolver e lançar um produto? Uma avaliação completa dos custos é necessária além de avaliar a rentabilidade do projeto.

A análise de mercado envolve uma projeção de demanda futura, comprometimento financeiro e retorno. Os especialistas financeiros analisam a situação aplicando análise de equilíbrio e análise de risco. A análise de negócios comprovará as perspectivas econômicas do novo produto.

5. Desenvolvimento de Produto:

A ideia no papel é convertida em produto. O produto é moldado de acordo com as necessidades e desejos dos compradores. O desenvolvimento de produtos é a introdução de novos produtos nos mercados atuais. Produtos novos ou aprimorados são oferecidos pela empresa ao mercado de forma a proporcionar melhor satisfação aos clientes atuais. As avaliações técnicas dos exames laboratoriais são feitas de forma rigorosa.

6. Teste de marketing:

Por marketing de teste, queremos dizer o que provavelmente acontecerá, pelo método de tentativa e erro, quando um produto for introduzido comercialmente no mercado. Estes testes são planeados e realizados em áreas geográficas selecionadas, através da comercialização dos novos produtos. As reações dos consumidores são observadas.

Facilita a descoberta da falha do produto, se houver, que possa ter escapado à atenção na fase de desenvolvimento. Com isso, dificuldades e problemas futuros são removidos. Este tipo de pré-teste é essencial para um produto antes de ser produzido e comercializado em massa. Às vezes, nesta fase, a administração pode tomar a decisão de aceitar ou rejeitar a ideia de comercializar produtos.

Projetar o programa de marketing de teste envolve a tomada de uma série de decisões:

1. Onde e em quantos mercados devem ser realizados testes?

2. Qual deve ser a duração do teste de marketing?

3. O que testar?

4. Que critérios devem ser utilizados para determinar o sucesso ou não?

7. Comercialização (Introdução ao Mercado):

Esta é a etapa final do planejamento do produto. Nesta fase, a produção começa, o programa de marketing começa a funcionar e os produtos chegam ao mercado para venda. Tem de competir com os produtos existentes para garantir a participação máxima nas vendas e nos lucros do mercado. Quando nasce um produto, ele entra nos mercados; e como os seres humanos, tem um ciclo de vida do produto.

Ao lançar um novo produto, a empresa deve tomar quatro decisões:

1. Quando o produto deve ser lançado?

a. Tempo certo.

2. Onde deverá ser lançado?

eu. uma única localidade

ii. uma região ou

iii. mercado nacional.

3. Que grupos devem ser visados?

a. Clientes existentes.

4. Como deverá ser lançado?

eu. Desenvolva um plano de ação para introduzir o novo produto nos mercados de lançamento.

Considere o seguinte antes de lançar um novo produto:

1. Pesquisa de mercado eficaz

2. Garantir a qualidade do produto

3. Diferenciação de produto

4. Identificação das necessidades do consumidor

5. Promoção eficaz

6. Sistema de distribuição adequado

7. Estratégia de preços correta

8. Conhecimento das necessidades locais

9. Escolha a hora correta

10. Força da força de vendas.

Fatores que dificultam o desenvolvimento de novos produtos:

1. Escassez de ideias

2. CLP mais curto

3. Maiores despesas

4. Mercados fragmentados

5. Incentivos inadequados

6. Alto período de gestação

7. Não cooperação do pessoal

Conteúdo Relacionado

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.