O que é serigrafia? Procedimentos, tipos e vantagens

Serigrafia em plástico

Ao longo dos anos, muitos produtos em diversos setores tiveram uma ou mais imagens ou texto impressos. Os fabricantes utilizaram diversos processos de impressão, como serigrafia e tampografia, para transferir esses logotipos e textos para os produtos.

Este artigo fornece um guia detalhado para o processo de serigrafia, incluindo uma análise passo a passo do processo. Você também aprenderá sobre os diferentes tipos de serigrafia, suas aplicações e uma comparação entre a serigrafia e a impressão digital.

O que é serigrafia?

A serigrafia é uma técnica tradicional de pós-processamento na qual a tinta é pressionada através de um tecido estêncil na superfície de um substrato para obter designs impressos. Também é chamada de serigrafia ou serigrafia. Este processo é hoje amplamente utilizado em diversas indústrias porque é compatível com diversos materiais, pode ser repetido indefinidamente e os designs apresentam alto brilho de cores.

Além disso, a serigrafia produz uma impressão com tinta mais espessa do que a maioria dos métodos de impressão. Embora os fabricantes normalmente usem serigrafia em plástico e tecidos, você também pode imprimir em outros materiais, como plástico, cerâmica, vidro, etc., usando tintas especiais.

Processo de serigrafia: um guia passo a passo

É assim que funciona a serigrafia

Aqui está um detalhamento das etapas de impressão da tela:

Etapa 1: criação do rascunho

A primeira coisa que você precisa no processo de serigrafia é a imagem ou texto original a partir do qual a impressora fará cópias do desenho. As impressões do desenho ou padrão selecionado são então impressas em um filme de acetato transparente.

Passo 2: Selecione e prepare a tela de malha

O próximo passo é escolher uma tela para serigrafia. No entanto, seria útil se você escolhesse uma tela com base no material ou tipo de tecido para complexidades de impressão e design. Em seguida, cubra a tela com uma camada de emulsão sensível à luz.

Etapa 3: exponha a tinta de emulsão a uma fonte de luz

Coloque o filme de acetato com o motivo na tela de malha e exponha ambos à luz forte. Isso ajuda a endurecer a tinta de emulsão. Se o desenho contiver diversas cores, você deverá usar uma tela de malha diferente para cada cor de tinta.

Passo 4: Prepare o estêncil

A área da tela não coberta pelo desenho impresso endurecerá com o tempo, enquanto quaisquer pedaços de emulsão que não tenham sido endurecidos pela luz concentrada serão removidos. Isso cria uma excelente impressão do design desejado na tela de malha. A tela é bem seca após a lavagem enquanto o estêncil é preparado para uso posterior.

Passo 5: Prepare-se para serigrafia

Alinhe a malha com o desenho usando parafusos na prensa. Normalmente, os fabricantes usam prensas manuais e automáticas. Portanto, uma máquina de impressão automática é a melhor opção se o seu projeto requer impressão multicolorida. O tecido ou qualquer outro material a ser impresso é colocado em uma placa de impressão sob a tela.

Processo de serigrafia

Etapa 6: Imprima o desenho

Abaixe a tela para se aproximar do tecido enquanto despeja a tinta na tela. Pressione suavemente a tinta da tela sobre o objeto usando um rodo. A tinta forma as impressões do desenho no tecido à medida que passa sob a tela no material. Se estiver imprimindo vários objetos, será necessário colocar um novo objeto ou substrato sob a tela e repetir o processo.

Etapa 7: cura por calor e acabamento da impressão

A tinta transferida para a peça seca completamente com secador. Após a secagem, é necessário lavar o produto final e verificar se há resíduos antes de enviá-lo ao mercado. Você também precisa lavar a peneira com produtos químicos e prepará-la para uso posterior.

Equipamento típico de serigrafia

Agora que você sabe como funciona a serigrafia, vejamos os equipamentos típicos utilizados nesse processo.

Técnica de serigrafia

1. Impressoras e filmes

Uma impressora que pode produzir desenhos nos estênceis é a primeira na lista de coisas que você precisa para serigrafia personalizada. A impressora imprime os desenhos desejados em filmes transparentes, os chamados filmes de acetato. Você precisará usar uma folha de acetato diferente para cada cor e posteriormente criar os estênceis.

2. Tela de malha

É o próximo material mais importante na serigrafia. Você precisa colocar o filme transparente na tela para imprimir o estêncil. As telas são originalmente feitas de fios de seda, e hoje muitas opções são feitas de tecido de poliéster. Além disso, o número de fios, a espessura e a textura da tela determinam a qualidade da impressão final.

3. As tintas

As tintas ou pigmentos utilizados na serigrafia desempenham um papel crucial nas diversas opções. Existem tintas especiais para serigrafia fina que conseguem efeitos brilhantes nos produtos finais. As gráficas costumam usar tintas texturizadas, tintas puff ou tintas brilhantes para dar às suas impressões uma aparência única.

4. Extrator

Os rodos são lâminas simples de borracha conectadas a um cabo de plástico ou madeira. Essas lâminas empurram a tinta pela tela até atingir o objeto impresso. Os rodos usados ​​na serigrafia estão disponíveis em diversos designs. Em geral, a moldura da tela geralmente determina que tipo de rodo é usado.

5. Imprensa

A impressora é uma ferramenta essencial que mantém a tela no lugar entre as impressões. Permite alterar os objetos impressos sob a tela.

6. Secador de correia

O secador de fita ajuda a aquecer a tinta a uma temperatura que garante a longevidade da impressão e a protege contra desbotamento ou rachaduras.

Tipos de processo de serigrafia

Existem diferentes processos de serigrafia que produzem diferentes resultados de superfície. Portanto, o melhor é conhecer os diferentes procedimentos para encontrar a melhor solução para o seu produto. Aqui estão as técnicas comuns de serigrafia.

Passos para serigrafia

Impressão em escala de cinza

Este tipo de serigrafia é uma técnica impressionante para imprimir imagens coloridas como meios-tons sólidos ou tons de cinza. Porém, as estampas aparecem muito detalhadas quando há mais pontos no meio-tom. Este processo é diferente de um processo preto e branco. Extrai apenas as escalas de cores CMY ou RGB em tons de cinza. A impressão em escala de cinza é um processo de serigrafia de baixo custo geralmente usado para imprimir designs em branco e preto em tecidos.

Impressão em cores especiais

A serigrafia em cores especiais é a técnica mais comumente usada por fabricantes e designers de produtos. As cores primárias da tinta são utilizadas imprimindo-as sobre o estêncil da tela. A técnica de cores especiais é mais simples do que a maioria das técnicas de serigrafia e produz um ponto de cor sólido e brilhante. É uma opção perfeita para imprimir em moletons, jaquetas e camisetas.

CMYK (impressão em 4 cores)

A impressão CMYK ou em 4 cores é o tipo mais complicado de serigrafia. Geralmente são usadas quatro cores básicas: preto, magenta, ciano e amarelo. A combinação dessas cores cria os tons desejados. Embora você possa combinar as cores manualmente, é recomendável misturá-las automaticamente para obter melhores resultados.

Impressão duplex

A impressão duotônica combina dois meios-tons para imprimir a mesma imagem em duas cores. O primeiro meio-tom preto é impresso com tinta preta, enquanto o segundo meio-tom usa tinta colorida. Este processo de impressão é idêntico à impressão sépia em fotografia. Oferece um efeito artístico e elegante.

Impressão em meio-tom

Na impressão em meio-tom, as cores individuais são impressas em gradientes. Todo o processo utiliza uma única cor de tinta, geralmente meio-tom, portanto, quando vista à distância, a impressão resulta em uma tonalidade diferente. Essa técnica é adequada para resultados de impressão multicolorida sem a necessidade de imprimir várias cores.

Pressão de processo simulada

Esta técnica combina impressão em cores especiais e impressão em quatro cores. Como o processo de impressão simulada é ideal para tons mais escuros e mais claros, ele é versátil e bem conhecido entre fabricantes e designers que precisam criar detalhes de impressão fotorrealistas.

Vantagens e desvantagens da serigrafia

cor vermelha no processo de serigrafia

Vantagens da serigrafia

A serigrafia é um processo eficiente com enormes benefícios em diversos setores. Aqui estão alguns dos principais benefícios do processo de serigrafia:

Processo simplificado

O processo de impressão, seja manual ou automático, é relativamente simples. Mais importante ainda, as ferramentas necessárias para imprimir não são complicadas nem muito caras para serem substituídas.

Método multifuncional/versátil

O processo de serigrafia é compatível com diversos produtos independente de formato, tamanho e material. Este processo permite imprimir no plano e formar objetos com formas irregulares ou complexas, como superfícies esféricas. Este processo também permite o uso de múltiplas cores na impressão.

Projetos duradouros

Este processo utiliza alta densidade de tinta para obter um design colorido e limpo, garantindo a longevidade e a qualidade do design impresso. A tinta derrete no tecido garantindo que não rache ou desbote rapidamente.

Mais importante ainda, a aplicação de certos revestimentos e aditivos torna a tinta resistente à umidade, raios UV, produtos químicos e arranhões. Isso torna os componentes produzidos pelo processo de serigrafia adequados para uso externo e em ambientes agressivos, sem sacrificar a qualidade.

Eficiência e velocidade

Ao contrário de outras técnicas de impressão, a serigrafia é rápida e eficiente, desde que a impressão da tela seja concluída. É a opção ideal para projetos onde o desenho necessita ser repetido.

Desvantagens da serigrafia

Embora a serigrafia seja uma técnica versátil com muitas vantagens, o processo também apresenta desvantagens. Aqui estão alguns deles:

Altos custos de configuração

O custo inicial de configuração da tecnologia de serigrafia é alto. Portanto, o melhor é terceirizar os produtos que necessitam de serigrafia para um fornecedor especializado.

Mais variações de cores, mais custos

A serigrafia só pode produzir uma cor por vez, tornando o processo relativamente lento e difícil com a impressão multicolorida. O processo custa mais porque é preciso criar uma nova tela para cada cor. Além disso, a serigrafia tem alta tendência a defeitos de registro de cores, resultando em maiores custos e taxas de desperdício de produtos.

Aplicações de serigrafia

A tecnologia de serigrafia é versátil e oferece resultados impressionantes em vários setores. Aqui estão as aplicações típicas da serigrafia.

Protótipo de PMMA com serigrafia

Impressão eletrônica

A indústria eletrônica se beneficia da tecnologia de serigrafia à medida que aumenta a demanda por dispositivos eletrônicos. Este processo de impressão é eficiente e confiável devido aos melhores métodos de impressão, materiais e equipamentos.

Impressão têxtil

A serigrafia é uma técnica bastante conhecida na indústria têxtil. Esta indústria se beneficia dessa técnica na impressão de camisetas e em diversos designs de imagens. Mais importante ainda, a serigrafia personalizada está disponível em diversas configurações de impressão, permitindo maior flexibilidade na impressão em tecido.

Vidro e cerâmica

A tecnologia de serigrafia é de grande ajuda na produção de itens de vidro e cerâmica com imagens e textos impressos para aplicações de consumo e industriais. Esta técnica de impressão é única, pois ajuda esta indústria a superar vários desafios significativos na decoração de vidro.

Adesivos e expositores para vitrines

A serigrafia é ideal para branding e exibição de informações e adesivos em janelas. As cores brilhantes da serigrafia tornam esta impressão um ponto de venda na maioria das empresas e espaços de trabalho.

Serigrafia versus impressão digital: as diferenças básicas

A serigrafia é relativamente primitiva em comparação com a impressão digital. A impressão digital é uma técnica automatizada (controlada por computador) na qual imagens e texto são impressos nas superfícies desejadas por meio de máquinas de impressão. Este processo envolve a criação de um design ou arte em um computador e a conversão de imagens digitais em impressões em qualquer material. A impressão digital não envolve todas as etapas mecânicas da impressão convencional.

Serigrafia vs. impressão digital

Esta seção explica os conceitos básicos da serigrafia versus impressão digital, para que você possa escolher facilmente a melhor técnica para o seu projeto de impressão. Aqui estão as principais diferenças:

Tempo e custos de configuração

O processo de impressão da tela exige que você crie e configure cada tela antes de imprimir. Você também precisará de estênceis e outras ferramentas para o processo. Essas telas normalmente são descartadas após a impressão de cada desenho. Portanto, diferentemente da impressão digital, a serigrafia envolve altos custos de configuração e taxas de triagem.

Rendimento de cor

Se a cor é uma prioridade na impressão, a serigrafia é a escolha perfeita. Isso ocorre porque a tinta usa cores exatas, enquanto as máquinas de impressão digital usam uma técnica CMYK de quatro cores, resultando em uma paleta de cores limitada. Como resultado, as máquinas de impressão digital não conseguem alcançar algumas das cores vibrantes que a serigrafia oferece, incluindo verdes, vermelhos, cinzas e laranjas.

Multidão

A serigrafia é ideal se você estiver distribuindo os custos de configuração por vários produtos. A serigrafia permite concluir mais impressões por hora e mais rápido do que as máquinas de impressão digital. Portanto, grandes tiragens tornam-se mais baratas, independentemente dos custos de configuração. Ao mesmo tempo, a impressão de pequenas tiragens com impressoras digitais é mais econômica devido aos custos de configuração baixos ou inexistentes.

Adesão e durabilidade da tinta

Sabe-se que as tintas utilizadas na serigrafia aderem a diversas superfícies (por exemplo, vidro, madeira, plástico, metal, etc.). As tintas digitais já existem há algum tempo e estão disponíveis em diferentes séries que podem aderir a diferentes substratos. No entanto, essas tintas digitais são mais caras do que a tinta usada na serigrafia.

Além disso, a serigrafia em metal é mais resistente às intempéries e durável do que a impressão digital. Você também pode aplicar um verniz transparente resistente a UV no substrato usando serigrafia para proteger ainda mais a imagem impressa. Infelizmente, não existe um acabamento digital transparente disponível para impressão digital.

Concluindo

A serigrafia é uma técnica confiável para imprimir imagens e texto em seus produtos feitos de diversos materiais. Considere usar esta técnica, pois é flexível e direta. No entanto, seria útil compreender os fundamentos do processo e seus tipos para saber até que ponto ele se adapta ao seu próximo projeto.

Experimente o Wayken agora

Perguntas frequentes

A serigrafia pode rachar?

As impressões de tela podem desbotar, rachar ou desaparecer completamente. No entanto, você pode curar seus produtos de serigrafia para garantir a adesão e durabilidade da tinta.

Posso remover a impressão da tela?

Você pode remover impressões de tela em produtos com removedor de esmalte ou acetona. A acetona é um ingrediente químico frequentemente encontrado em removedores de esmalte. Ele afrouxa e remove padrões de impressão de tela antigos e rachados com eficiência.

Qual material de tecido é melhor para serigrafia?

Algodão e misturas de algodão são a escolha de tecido ideal para serigrafia. O fio de algodão possui excelentes propriedades multifilamentares, o que significa que pode absorver melhor a tinta do que os tecidos sintéticos.

Conteúdo Relacionado

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.