FRESADORA AUTOMÁTICA DE ENGRENAGENS USANDO SENSOR DE PROXIMIDADE

FRESADORA AUTOMÁTICA DE ENGRENAGENS USANDO SENSOR DE PROXIMIDADE

A fresadora Gera é uma fresadora de metal projetada para cortar/retificar metal aplicando pressão pneumática. As máquinas destinam-se exclusivamente à produção em massa e representam a forma mais rápida e eficiente de cortar um metal. A operação em baixa velocidade ocorre em uma operação de fresamento. Esta máquina é uma máquina multifuncional.

Serras são usadas para cortar metais finos e macios. O eixo de fresagem é usado para operação de fresagem substituindo a estrutura da serra. A operação da unidade é simplificada para algumas operações simples envolvendo um bloco de cilindros e um arranjo de pistão.

Existem vários tipos de fresadoras na área de Engenharia, que são utilizadas para atender aos requisitos. Estamos interessados ​​em introduzir sistemas pneumáticos especialmente em fresadoras e também em operações de fresagem. A principal função da fresagem pneumática é cortar metais finos e macios por meio de energia pneumática.

INTRODUÇÃO

A palavra 'pneuma' vem do grego e significa respirador de vento. A palavra pneumática é o estudo do movimento do ar e seus fenômenos derivam da palavra pneuma. Hoje, a pneumática é entendida principalmente como a aplicação de ar como meio de trabalho na indústria, especialmente no acionamento e controle de máquinas e equipamentos.

A pneumática tem sido usada há algum tempo para realizar as tarefas mecânicas mais simples; em tempos mais recentes, desempenhou um papel mais importante no desenvolvimento da tecnologia pneumática para automação.

FRESADORA AUTOMÁTICA DE ENGRENAGENS USANDO SENSOR DE PROXIMIDADEFRESADORA AUTOMÁTICA DE ENGRENAGENS USANDO SENSOR DE PROXIMIDADEFRESADORA AUTOMÁTICA DE ENGRENAGENS USANDO SENSOR DE PROXIMIDADE

Como o circuito pneumático desempenha um papel vital neste dispositivo, é muito necessário explicar o funcionamento deste circuito. Começando inicialmente com compressas de ar, sua função é comprimir o ar de uma pressão de entrada baixa (geralmente atmosférica) para um nível de pressão mais alto. Isto é conseguido reduzindo o volume do ar.

PRINCÍPIO DE TRABALHO

Os compressores de ar são geralmente unidades de deslocamento positivo e são do tipo pistão alternativo ou do tipo parafuso rotativo ou palheta rotativa. O compressor de ar usado aqui é uma unidade de compressor de dois estágios, normalmente de tamanho pequeno. Também consiste em um tanque de ar comprimido, rotor elétrico e acionamento por polia, controles de pressão e instrumentos para rápida conexão e uso. O ar armazenado do compressor passa por um filtro de ar onde o ar comprimido é filtrado das partículas finas de poeira. Porém, antes da sucção do ar para o compressor ocorre um processo de filtragem, mas não suficiente para operar no circuito aqui o filtro é utilizado. Possuindo então um regulador de pressão onde é ajustada a pressão desejada ao operado. Aqui é adotado um regulador de pressão variável.

Através de uma variedade de valores de controle de direção disponíveis, uma válvula solenóide operada manualmente com unidade de controle é aplicada. A válvula solenóide usada aqui tem 5 portas e 3 posições. Existem duas portas de exaustão, duas portas de saída e uma porta de entrada. Em duas posições extremas, apenas as direções podem ser alteradas, enquanto o minério Centro é uma posição neutra e nenhuma alteração física ocorre.

As 2 portas de saída estão conectadas a um atuador (cilindro). O acionamento pneumático é um cilindro de dupla ação e haste única. A saída do cilindro é acoplada a outra finalidade. A extremidade do pistão tem um efeito de buzina de ar para evitar impulsos repentinos nas extremidades.

PRINCÍPIOS DE TRABALHO

  • O ar comprimido do compressor chega à válvula solenóide. A válvula solenóide muda a direção do fluxo de acordo com os sinais do dispositivo de temporização.
  • O ar comprimido passa pela válvula solenóide e é admitido na extremidade dianteira do bloco de cilindros. O ar empurra o pistão para o curso de fresagem da extremidade da mola. No final do curso de fresagem da extremidade da mola, o ar da válvula solenóide atinge a extremidade traseira do bloco de cilindros.
  • A pressão permanece a mesma, mas a área é menor devido à presença da haste do pistão. Isto exerce maior pressão sobre o pistão, empurrando-o a uma taxa mais rápida, permitindo assim um curso de retorno mais rápido.
  • O comprimento do curso do pistão pode ser alterado fazendo um ajuste adequado no temporizador.

VANTAGENS

  • Não há necessidade de dar ração a cada corte devido à presença de peso.
  • A velocidade de fresagem/fresagem pode ser variada de acordo com as nossas necessidades ajustando o temporizador.
  • É portátil
  • Não possui nenhum motor principal, como motor elétrico relacionado à unidade.
  • Como o ar está disponível gratuitamente, podemos utilizá-lo para cortar o metal e, portanto, é econômico.
  • Simples de construir do que uma serra mecânica e um moedor
  • É compacto
  • Menos manutenção
  • LIMITAÇÕES

    • Somente tamanho menor e metal macio podem ser cortados
    • É mais caro do que a serra mecânica por causa da unidade do compressor.
    • Menos eficiência quando comprimido em dispositivo mecânico.

    FORMULÁRIOS

    1. Aplicações de fresamento

    2. Indústria Química

    3. Indústrias de plásticos e borracha

    4. Indústrias de pedra, cerâmica e vidro

    Conteúdo Relacionado

    Voltar para o blog

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.