Embreagem pneumática automática e sistema de freio

SISTEMA DE EMBREAGEM E FREIO PNEUMÁTICO AUTOMÁTICO – Projetos Mecânicos

SINOPSE

A tecnologia pneumática ganhou enorme importância no campo da racionalização e automação do local de trabalho, desde as antigas obras de madeira e minas de carvão até modernas oficinas mecânicas e robôs espaciais. Portanto, é importante que técnicos e engenheiros tenham um bom conhecimento de sistemas pneumáticos, válvulas pneumáticas e acessórios. O ar é comprimido em um compressor de ar e da planta do compressor o meio de fluxo é transmitido ao cilindro pneumático através de um sistema de tubulação bem colocado. Para manter a eficiência ideal do sistema pneumático, é de vital importância que a queda de pressão entre a geração e o consumo de ar comprimido seja mantida muito baixa.

O objetivo é projetar e desenvolver um sistema de controle baseado em um sistema inteligente de freio automotivo controlado eletronicamente denominado “SISTEMA DE TRAVAGEM À RÉ INTELIGENTE”. O freio pneumático operado por sensor consiste em um transmissor IR e um circuito receptor, unidade de controle e sistema de interrupção pneumática. O sensor IR é usado para detectar o obstáculo. Se houver algum obstáculo no caminho, o sensor IR detecta o obstáculo e dá o sinal de controle ao sistema de frenagem. O sistema de interrupção pneumática é usado para interromper o sistema.

OPERAÇÃO DE TRABALHO

O circuito IR TRANSMITTER serve para transmitir os raios infravermelhos. Se houver algum obstáculo no caminho, os raios infravermelhos serão refletidos. Esses raios infravermelhos refletidos são recebidos pelo circuito receptor é chamado “RECEPTOR DE IR”.

O circuito receptor IR recebe os raios IR refletidos e fornece o sinal de controle ao circuito de controle. O circuito de controle é usado para ativar a válvula solenóide. O princípio de funcionamento da válvula solenóide já foi explicado no capítulo acima.


Embreagem pneumática automática e sistema de freioEmbreagem pneumática automática e sistema de freio

APLICATIVO

  • Para aplicação automotiva
  • Aplicação industrial
  • VANTAGENS

    • O custo do freio será menor.
    • Livre de ajuste de desgaste.
    • Menos consumo de energia
    • Técnicos menos qualificados são suficientes para operar.
    • Dá uma operação muito simplificada.
    • A instalação é muito simplificada.
    • Para evitar outras interações incineráveis, viz.… (diafragma) não é usado.
    • Menos tempo e mais lucro.

    DESVANTAGENS

    • Custo adicional requer automação
    • Livre de ajustadores de desgaste
      t

    Conteúdo Relacionado

    Voltar para o blog

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.