(19) 3377 5412 - COMERCIAL@COMPRACO.COM.BR

CSP decide manter produção de aço, buscando novos mercados

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) vai manter em operação sua produção de aço, mas que buscará novos mercados para desovar a produção em meio à queda da demanda pela liga no Brasil e no mundo devido à pandemia do novo coronavírus.

A empresa é a mais nova siderúrgica do país, e o primeiro projeto integrado de produção de aço no Nordeste, localizada no complexo portuário do Pecém, no Ceará, iniciou produção em 2016 e tem capacidade para 3 milhões de toneladas de placas por ano.

“A continuidade da operação da CSP é essencial à sociedade, porque mantém a geração de energia elétrica ao Sistema Interligado Nacional (SIN) e oxigênio para hospitais e outros gases para indústrias essenciais, como as de alimentos. Dessa forma, a produção da CSP vai continuar”, afirmou a siderúrgica em resposta a questionamentos da Reuters.

A empresa citou decreto do governador do Ceará, Camilo Santana, que autoriza empresas com alto-forno ou que atuem na Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE-CE), no Pecém, a continuar operando.

A CSP afirmou que até o momento, a operação da CSP neste ano seguiu conforme o planejamento de 2020. “Fechamos o mês de março com 222.432 toneladas de placas de aço produzidas, mantendo a média do primeiro trimestre do ano”, afirmou a companhia, sem informar comparativo com o mesmo período do ano passado.

A CSP é uma joint venture formada pela Vale (VALE3) (50% de participação), e pelas sul-coreanas Dongkuk (30%), maior compradora mundial de placas de aço, e Posco (20%).

Porém, a partir deste mês a CSP afirmou que vai “buscar novos mercados e clientes, para manter as vendas em níveis suficientes para a manutenção da operação ativa, preservando os empregos”.

Várias siderúrgicas do país já fizeram grandes anúncios de redução de produção nos últimos dias, depois que a demanda por aço no país desabou. Na sexta-feira, a Gerdau disse que vai reduzir atividades nas Américas, em cortes que incluem desligamento de alto-forno na usina de Ouro Branco (MG).

Além disso, Usiminas (USIM5) e ArcelorMittal Brasil também anunciaram ajustes semelhantes de abafamento de fornos, uma das medidas mais radicais a serem tomadas por empresas do setor siderúrgico para enfrentarem momentos de crise. 

 

Fonte: Reuters

ARTIGOS SOBRE O AÇO NA INDÚSTRIA

  • TUBOS DE AÇO INOXIDÁVEL
    TUBOS DE AÇO INOXIDÁVEL

    Fabricamos tubos de aço inoxidável para as mais diversas especificações. Aqui vamos linkar mais algumas delas que você pode verificar. TUBO DE AÇO INOXIDÁVEL PARA AMORTECEDOR TU...

  • Vigas e Perfis Laminados de Aço Carbono
    Vigas e Perfis Laminados de Aço Carbono

    PERFIS LAMINADOS DE AÇO CARBONO  ENTRE EM CONTATO E SOLICITE UM ORÇAMENTO COMERCIAL@COMPRACO.COM.BR  Perfis e Vigas de Aço Laminados H, W, i, U. ASTM A572, ASTM A588, ASTM A3...

  • Fabricamos Tubos de Aço Inoxidável para Chopeiras e Resistências
    Fabricamos Tubos de Aço Inoxidável para Chopeiras e Resistências

    TUBO DE AÇO INOXIDÁVEL PARA CHOPEIRAS E RESISTÊNCIAS CONSULTE MELHORES CONDIÇÕES DE PREÇOS VENDEDOR@COMPRACO.COM.BR Preços podem variar conforme diâmetro e parede do tubo. ...

  • Tubos para Bongs e Narguile
    Tubos para Bongs e Narguile

    Tubo Downstem e Central para Bong, Narguile em Aço Inoxidável e Alumínio CONSULTE MELHORES CONDIÇÕES DE PREÇOS VENDEDOR@COMPRACO.COM.BR  Fabricamos Tubos e Canos Downstem ou...